Curta a Nossa
FANPAGE
REVISTA MERCOSUL
For Export
Visitas: 3.573.560 | Email: info@ccmercosul.org.br | Telefone: +55 (11) 5524-6370

NOTÍCIAS DA CÂMARA


Encontro sobre energia fotovoltaica discute expectativas para o setor.

O auditório Paulo Kobayashi sediou na quinta-feira (14/11) o Encontro Brasileiro de Energia Fotovoltaica. Com o apoio do deputado Sebastião Santos(REPUBLICANOS), o evento contou com a participação de especialistas que apresentaram as perspectivas do setor para os próximos anos e falaram das questões que a produção de energia solar envolve.

AMPLIAR O USO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS É O OBJETIVO DOS PAÍSES DO MERCOSUL, E ISSO EU PRESENCIO Presidente Câmara de Indústria e Comércio do Mercosul e Américas, Lic.Miguel Lujan Paletta SEMPRE QUE ESTOU EM ENCONTROS E REUNIÕES COM OS REPRESENTANTES DE SETORES PÚBLICOS E PRIVADOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA, NO BRASIL, ARGENTINA, PARAGUAI E URUGUAI, ALÉM DOS PAÍSES ASSOCIADOS.

ESTE TEMA É TÃO SENSÍVEL E IMPORTANTE, QUE EM 2017, A CÂMARA DO MERCOSUL, CRIOU UMA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E ENERGIA, QUE POR SINAL ESTÁ MUITO ATUANTE, JUSTAMENTE PARA PROMOVER ENCONTROS E PROJETOS EM TODO A AMÉRICA DO SUL E TAMBÉM EM OUTROS CONTINENTES, COMO RECENTEMENTE A ÁFRICA.

DE ACORDO COM EMPRESÁRIOS E DIRIGENTES PÚBLICOS QUE CONVERSAMOS, OS PAÍSES DO BLOCO DO MERCOSUL TÊM POTENCIAIS INEXPLORADOS E CAPACIDADE DE ABASTECIMENTO PARA ASSEGURAR O DESENVOLVIMENTO DO CONTINENTE, GARANTIR A SOBERANIA E DIVERSIFICAR AS FONTES ENERGÉTICAS.

"Hoje a energia solar é o futuro para o Brasil. Nós estamos em um país em desenvolvimento, em que se fala muito no carro elétrico, mas para ter um carro elétrico é preciso a geração de energia. Não só isso, o Estado em si tem uma falta de 60% da energia para manter o básico", disse Sebastião Santos. O parlamentar ainda comentou a necessidade de se discutir uma taxação, para avaliar qual lucro iria existir. "É bom trazer esta discussão para que sejam desenvolvidas políticas públicas, assim como levarmos propostas ao governador", concluiu.

Leonel Aguiar, presidente da Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo (Opesp), destacou a razão de a Alesp ser o ambiente adequado para levar a discussão. "É importante discutir a necessidade desse novo tipo de energia com a sociedade. É um tipo que está crescendo, já é 8% no país, e até 2030 deve estar em torno em mais de 30%. Além disso, é barata e todos devem usufruir", avaliou.

O CEO da Bellsol, Walber Oliveira, compareceu ao encontro para tratar do tema do ponto de vista das empresas. A Bellsol é voltada para o desenvolvimento de placas de energia fotovoltaica e está presente em 11 estados. Oliveira comentou que a energia renovável deve abranger outras localizações. "Temos uma área geográfica excelente em praticamente todos os estados, então fico feliz em existir essa discussão também aqui em São Paulo. A energia solar é uma energia do presente, já e uma realidade. Na Região Norte, muitas pessoas não têm energia, e também falta uma energia com qualidade. As pessoas estão à mercê, e a energia solar surge também para ir às ilhas, comunidades isoladas ou ribeirinhas e levar qualidade de vida. A energia solar é para que todos possam acreditar em um futuro melhor", finalizou.
Câmara de Comércio do Mercosul e Américas
+55 (11) 5524-6370 | info@ccmercosul.org.br
Agência WebSide